Imagem destacada abelha

O mundo sem abelhas

No mundo existem cerca de 20 mil espécies de abelhas e no Brasil encontramos cerca de 3 mil espécies. Apesar de ser lembrada pelo mel e o própoles que produzem, seu trabalho vai muito além disso.

Especies Abelhas

 

WHOLE FOODS MARKET PRODUCE DEPARTMENTO que muitos não sabem é a importância que esse inseto tem para o equilíbrio do ecossistema, sua principal função na natureza é a polinização de cerca de 80% dos vegetais, o que garante a reprodução e existência de milhares de espécies. Sem  abelhas consequentemente compromete toda existência dos seres vivos da terra, um efeito avassalador na cadeia alimentar. Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) 70% das culturas agrícolas dependem dos polinizadores, para a alta produtividade e a qualidade dos frutos.

Abelhas maracujá

O maracujá necessita de um polinizador específico, quem cumpre esse papel é a abelha Mamangava do gênero Xylocopa, um tipo de abelha mais robusta que vive solitária.

O mundo inteiro sofre com a diminuição de colmeias. As causas pelo sumiço das abelhas ainda são incertas, acredita-se que os principais motivos para a  diminuição acelerada desse inseto são as monoculturas, o uso de pesticidas principalmente o neonicotinóides, do ácaro Varroa, a destruição do habitat, queimadas de florestas e mudanças climáticas. A conclusão das causas são complicadas pela  diversidade de espécies e particularidades de cada país que elas habitam.

A Convenção sobre Diversidade Biológica estabeleceu a “Iniciativa Internacional para Conservação e Uso Sustentável de Polinizadores” os objetivos são monitorar declínio de polinizadores, sua causa e seu impacto sobre os serviços de polinização  Suprir a falta de informações taxonômicas sobre polinizadores; Avaliar os valores econômicos da polinização e do impacto do declínio dos serviços de polinização; Promover a conservação, a restauração e o uso sustentável da diversidade de polinizadores na agricultura e ecossistemas relacionados.

bee-and-daisy

Europa, América do Norte, América Latina desenvolvem projetos de estudos e preservação das abelhas. Aqui no Brasil, por exemplo, existe o Projeto Sem Abelha Sem Alimento que apresentam formas simples de ajudar na preservação, como, alertar sobre o desaparecimento ou morte de abelhas em apiários do mundo através de um aplicativo gratuito, consumir produtos orgânicos, plantar flores e preservar a natureza, não utilizar pesticidas, questionar sobre o problema e cobrar por atitudes do poder público.

Para contribuir você também  pode cultivar colmeias em casa, o grupo SOS Resgate de Abelhas Sem Ferrão, realizam um trabalho de resgate em zonas urbanas, conscientização e preparação para que as pessoas possam cuidar das abelhas em sua residência.

Confira os primeiros 21 dias de vida das abelhas em 60 segundos, vídeo feito pelo fotógrafo Anand Varma. Uma sequência tão fantástica e detalhada que vale dar replay!!!

“Não nos surpreendemos com a raridade de uma espécie, mas ficamos chocados com o seu desaparecimento”

Charles Darwin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>